Escolas Municipais de Patu são contempladas com o Projeto Reinicie SESI/SEBRAE

236 0

A Secretaria de Educação recebeu nesta terça, dia 20, a visita de representantes do SESI que em parceria com o SEBRAE realiza o programa de “Bioprevenção  Reinicie”  que assegura o cumprimento dos procedimentos de segurança sanitária contra a pandemia da COVID-19 para o retorno das aulas presenciais nas escolas públicas municipais do Rio Grande do Norte. Nessa  primeira fase serão atendidas 1.000 escolas municipais nas diversas regiões do Estado.

Devido a pandemias todas as normas e recomendações do ambiente escolar foram mudadas e o projeto tem a finalidade de deixar as escolas municipais preparadas e prontas para receberem os estudantes.

A primeira etapa do projeto  foi realizada hoje com a visita técnica nas escolas. Nessa  etapa foram contempladas as seis escolas municipais da zona urbana.

A equipe técnica analisa todo espaço escolar para a partir desse diagnóstico elaborar um plano de ação que será desenvolvido em cada unidade escolar. A partir do qual a escola irá se organizar para receber de volta os alunos ao ambiente escolar e iniciar as atividades presenciais.

O projeto ainda terá uma formação continuada para todos os profissionais de educação.  Ao final do projeto as escolas deverão estar prontas para esse retorno e receberá do SESI, um Selo de garantia para retomar suas atividades presenciais.

A engenheira Samantha Batalha durante a vistoria elogiou a receptividade e a organização das escolas e também ressaltou que Patu  está entre os primeiros Municípios  do Estado a se inscrever  para ser contemplado com o Projeto.

A secretária de educação  Vioneide Linhares destaca a importâncias desse projeto chegar na nossa cidade: “Para educação esse projeto é fundamental. Porque nos dar uma base do que é essencial para esse momento. Além de nos dar uma orientação da organização do espaço escolar, ele também assegura a formação dos profissionais da educação”, ressalta.

Toda essa preparação de infraestrutura e formação de profissionais são essenciais para o retorno das aulas presenciais. Porém, esse retorno só será possível se a situação da pandemia estiver sob controle no município.   O Projeto não dar a garantia do retorno presencial, mas assegura que todas as equipes de educação estejam preparadas para o momento do retorno que será assegurado pelo comitê emergencial da COVID-19.

Posts Relacionados