Prefeitura segue decreto do Governo do Estado

216 0

O governo do Rio Grande do Norte publicou o novo decreto com medidas restritivas de enfrentamento à pandemia da Covid-19 no estado. As medidas começaram a valer a partir dessa segunda-feira (5) e vão até o dia 16 de abril. O Governo de Patu segue recomendações do Governo do Estado em atuação conjunta.

O governo de Patu pede que a população continue se cuidado e fique atenta as novas recomendações:

– O toque de recolher volta a ser posto em prática de segunda a sábado das 20h até as 06h do dia seguinte, nos domingos e feriados integralmente.

-Fica proibida a venda de bebidas alcoólicas para consumo em ambientes públicos e privados. Apenas para Delivery,Drive-Thur e Take away.

-O Comércio poderá funcionar, limitada a frequência de pessoas a 50% da capacidade do espaço do estabelecimento ou ao limite máximo de uma pessoa por cada cinco metros quadrados, o que for menor.

-Ficam liberadas as aulas presenciais nas escolas até o 5 ano do ensino fundamental.  As demais séries somente poderão ter aulas pelo sistema remoto;

-O decreto também flexibiliza o funcionamento de igrejas .  Só podem funcionar das 6h às 20h. Com apenas 20 % da capacidade máxima,  distanciamento de 1,5m de uma pessoa para outra.

-As academias devem observar o limite de 50% da capacidade de suas instalações, ficando sujeitas também à regra da ocupação de espaço dos cinco metros quadrados, e não poderão funcionar nos domingos e feriados. Só podem funcionar das 6h às 20h.

– É obrigatório em todos os estabelecimentos o uso da máscara de proteção, assim como a disponibilização de álcool a 70 % para todas as pessoas.

📍Estamos no ápice de contaminação e nesse momento é importante se cuidar!

✅Proteja-se!
😷Use Máscara!
🚿Use álcool em gel e Lave e sempre as mãos!

🏘️ Fique em casa e só saia quando necessário.

Cada um fazendo sua parte conseguiremos vencer. Continue se cuidado e cuidando de quem você ama.

 

Posts Relacionados

DECRETO Nº 065/2020-PMP/GP

O Prefeito Constitucional do Município de Patu, no Estado do Rio Grande do Norte, no uso de suas atribuições legais…