Secretaria de Assistência Social intensifica o Combate ao Abuso e à Exploração Sexual com a Campanha Faça Bonito

322 0

A proposta anual da campanha é destacar a data 18 de maio para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao seu desenvolvimento de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual.
O dia 18 de Maio – “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, instituído pela Lei Federal 9.970/00, é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro e que já alcançou muitos municípios do nosso país.
Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.
A Secretaria Municipal de Assistência Social nesse mês de maio intensifica as ações de combate ao abuso e a exploração sexual. Como estamos vivendo um momento atípico devido à pandemia, a Campanha Faça Bonito acontece de forma online, com rodas de conversas, posts informativos e vídeos animados, a ideia é divulgar o tema para que a sociedade tenha conhecimento da importância da denúncia. A internet tem o poder de multiplicar e é por isso que durante todo esse mês a Secretaria irá promover de forma educativa a prevenção e proteção das nossas crianças e adolescente.
Você cidadão pode ser um agente disseminador dessa correte do bem. Como você pode ajudar? Compartilhando com o máximo de famílias possíveis todo, conteúdo que será postado nas redes oficiais do Governo de Patu e também denunciando caso conheça alguma criança ou adolescente que está sofrendo, lembrando que a denúncia pode ser feita de maneira anônima.
“É importante que toda sociedade se mobilize em prol da garantia dos direitos das crianças e adolescentes. No contexto desse momento atual de pandemia, muitas famílias estão em isolamento social e muitas crianças estão passando por situações de violência. Por isso é importante fazer a denúncia, em todos os casos que existe suspeita ou confirmação de violência. A denuncia pode ser anônima.” Explica a Secretária de Assistência Social Maressa Paiva.
A Secretaria Municipal de Assistência Social alerta para os mecanismos de denúncias:
Disque 100 – Disque Direitos Humanos;
Conselho Tutelar;
Disque 190 – Polícia Militar e Polícia Rodoviária Fedaral;
Polícia Civil e Delegacia especializadas;
E para crimes na Internet:  Denuncie aqui.
Faça Bonito, denuncie e proteja!

Posts Relacionados