Trilhas Potiguares segue com atividades em Patu.

278 0

 

O Projeto Trilhas potiguares que dispõe de diversas áreas de conhecimento com oferta de oficinas e palestras de interesse à toda comunidade, segue até sábado (06) com uma serie de ações no município.

Na ultima terça-feira (02), foram realizadas inúmeras atividades e oficinas. A Oficina de culinária africana, realizada no CRAS, ministrada pelo estudante Pedro, trouxe como resultado um prato típico da cultura africana: a Chima. Preparado com quiabo, a receita foi degustada pelos participantes; os estudantes do 8º e 9º ano do Francisco Francelino receberam a oficina “Cartonera e Poesia”, que proporcionou aos alunos o contato com a poesia na utilização de matérias recicláveis na arte. Após a fabricação dos utensílios, houve a declamação de alguns trechos de autores poéticos como de Rupi Kaur, e os trilheiros recitaram alguns autorais. Seguindo as atividades de inclusão o Curso de Libras, ministrado pelo estudante Francisco, foi iniciado na Escola João Godeiro e seguirá até sexta-feira. A proposta do curso é atender professores da sala de recursos multifuncionais, de modo a ampliar seus conhecimentos sobre a linguagem para deficientes auditivos. No período da tarde, os estudantes do 4º ano EJA e 6º do fundamental da escola Estadual Dr. Xavier Fernandes assistiram palestra sobre sexualidade, gravidez e DST’s. aconteceu ainda dinâmicas, bate-papo sobre os riscos , cuidados e tabus acerca da sexualidade.

Enquanto isso, no CRAS, acontecia à oficina “Dança na Melhor Idade”, atividade proposta pelos estudantes Luciano e Laura, proporcionou ao grupo da terceira idade muita movimentação consciente, sobre como ter o envelhecimento saudável.

Os estudantes do Ginásio Comercial de Patu receberam a oficina de produção e edição de vídeos. Os alunos do 8º e 9º ano puderam aprender novas técnicas e também trocar experiências com os trilheiros, Ana Luiza e Paulo. Em parceria com a equipe do NASF as trilhas estiveram na Praça do Povo onde foram realizadas atividades físicas e exercícios de alongamento. A oficina “Dança na Escola” esteve novamente na Escola Francelino de Moura onde o estudante Luciano ensinou e trocou experiências com os professores e falou da importância da movimentação da dança como linguagem na educação. Na sala ao lado, o trilheiro Dênis continuou levando as suas técnicas para atores do grupo de teatro, e trabalhou o lado intuitivo da encenação, o teatro ritual, a intenção na interpretação do texto dramático e a ação física.

As oficinas e atividades tem certificados emitidos pela UFRN.

O Trilhas Potiguares conta coma parceria da Prefeitura de Patu.

Fotos: Berthling, Paulo Gurgel, Állysson Fernandes de Freitas, Jaquieli Ferreira, Ana Luiza Vila Nova.

#TrilhasPotiguares2019
#TrihasPotiguaresPatu
#PatuCidadeLinda

Posts Relacionados